Skip to main content

Mestrado Profissionalizante

Direção/ Coordenação
Laurentina Pedroso
João Martins
Daiana Cardoso

Co-coordenação
José Prazeres

mestrados.FMV@ulusofona.pt

Duração: 1,5 anos – 90 ECTS – Início 2024

  • 1º Ano Setembro 2024 a Julho 2025
  • 2º Ano Setembro 2025 a Fevereiro de 2026

Língua: Português e Inglês
Regime: Laboral e Pós-Laboral
Formato: Ensino Híbrido – Online e Presencial
Online: Teóricas e Teorico-Práticas - Sexta
Presencial: Práticas Sexta e Sábado (em média 1 vez por mês)

Faculdade de Medicina Veterinária
Universidade Lusófona
Campo Grande, 376
1749-024 Lisboa, Portugal

Apresentação

O Mestrado Profissionalizante em Cirurgia de Animais de Companhia oferece uma formação altamente especializada para atender às crescentes evoluções e necessidades do mercado de trabalho nesta área. O curso visa capacitar alunos motivados e de elevado potencial com uma formação prática “hands-on”, utilizando modelos, simuladores, clinical skills e outros recursos. Este mestrado é inovador tanto no contexto nacional como europeu. Esta oferta de formação continuada especializada ao longo da vida (CPD) baseia-se nos pilares de um ensino de excelência, fundamentado na evidência científica e na aquisição de competências para a resolução de situações complexas em contextos reais de trabalho. A estrutura curricular está organizada em três semestres, totalizando 1,5 anos. O 1.º e o 2.º semestres incluem componentes teóricas, teórico-práticas e práticas, com o objetivo de aprofundar os conhecimentos em Cirurgia de Animais de Companhia. O 3.º semestre é dedicado à realização de um estágio facultativo, conforme o interesse e experiência profissional do aluno, e à elaboração de um projeto ou dissertação. A oferta do Ciclo de Estudos de Mestrado em regime de ensino laboral e pós laboral, com uma estrutura híbrida – aulas online e presenciais -, permite ao estudante uma melhor conciliação da vida académica com a vida ativa, dando-lhe flexibilidade para o estudo, aquisição e aprofundamento de conhecimentos, enquanto exerce a sua profissão no dia a dia.

Destinatários: Médicos Veterinários

Início Setembro 2024

1º Semestre

Aulas Teóricas e Teórico-Práticas ONLINE
Sexta da 14H às 18H

  • 13 e 20 de Setembro
  • 4 e 11 de Outubro
  • 8, 22 e 29 de Novembro
  • 6 Dezembro
  • 10, 17 e 31 Janeiro

Aulas Práticas HANDS-ON    
Uma vez por mês Sexta das 14H-19H e Sábado 9H-13H e 14H-18H

  • 27 e 28 de Setembro
  • 18 e 19 Outubro
  • 16 Novembro
  • 13 e 14 de Dezembro
  • 25 Janeiro

2º Semestre

Aulas Teóricas e Teórico-Práticas ONLINE
Sexta das 14H às 19H

  • 21 de Fevereiro
  • 7, 14 e 28 de Março
  • 4 de Abril
  • 2, 9, 23 e 30 de Maio
  • 4 e 27 de Junho

Aulas Práticas HANDS-ON    
Uma vez por mês Sexta das 14H-19H e Sábado 9H-13H e 14H-18H

  • 28 de Fevereiro
  • 1, 21 e 22 de Março
  • 11 e 12 de Abril
  • 16 e 17 de  Maio
  • 20 e 21 de Junho
calendário
Unidade Curricular Objectivos aprendizagem ECTS
1º Semestre
  • Anestesia e Maneio da Dor
  • Realizar a avaliação pré-anestésica dos pacientes e tomar decisões clínicas no período pré-anestésico;
  • Compreender a fisiopatologia da dor, conseguir reconhecer e avaliar o grau de dor num equino adulto ou neonato e fazer o seu maneio;
  • Conhecer o funcionamento e especificidades dos aparelhos de anestesia e de monitorização disponíveis para equinos, assim como as técnicas anestésicas e de sedação utilizadas;
  • Elaborar e executar um protocolo anestésico adequado à intervenção a realizar e ao estado clínico do doente;
  • Reconhecer o risco anestésico e comunica-lo ao proprietário.

3

  • Biossegurança e Controlo de Doenças Infecto Contagiosas
  • Interpretar dados epidemiológicos e conhecer a etiopatogenia, apresentação, profilaxia e diagnóstico de doenças infetocontagiosas de equinos;
  • Saber realizar a recolha, manuseamento, transporte e processamento de amostras infeciosas em segurança;
  • Conseguir estabelecer protocolos de biossegurança e elaborar planos de ação em caso de um surto aplicáveis a coudelarias, centros clínicos e/ou de reprodução e a competições equestres.

2

  • Comportamento e Bem-Estar
  • Conhecer o comportamento natural de equinos;
  • Compreender a importância da relação entre o ser humano e os equinos e as implicações desta no bem-estar animal e humano;
  • Conhecer a principal legislação e recomendações sobre bem-estar de equinos;
  • Conhecer os meios de prevenção de problemas de comportamento em equinos;
  • Identificar problemas e saber dar prioridade aos problemas mais importantes. Ser capaz de recolher informações fundamentais para o seguimento do caso;
  • Realizar de forma autónoma uma consulta de comportamento e uma consultoria/auditoria, identificando os problemas principais e estabelecendo a intervenção clínica mais precisa e adequada ao caso.

2

  • Gestão Aplicada à Clínica Equina
  • Descobrir as tarefas ligadas à gestão de empresas, focando a gestão de clínicas;
  • Compreensão as necessidades em termos de contabilidade;
  • Compreender o que é investimento e o que é rentabilidade;
  • Desenhar um “Business Plan”;
  • Aprender a fazer a gestão de stocks;
  • Compreender a importância dos orçamentos e da  faturação;
  • Créditos e outras aplicações bancárias ;
  • Compreender os requisitos de bem-estar animal – Legislação e opinião pública.

2

  • Urgências em Abdómen Agudo - Cólica
  • Realizar o diagnóstico e tratamento de casos de síndrome de abdómen agudo (SAA)
  • Emitir um prognóstico e avaliar a viabilidade do protocolo terapêutico, considerando não só as expectativas do proprietário, o bem-estar do paciente e potenciais limitações económicas;
  • Reconhecer a necessidade realizar morte assistida do animal para evitar o seu sofrimento.
  • Comunicar de forma clara e adequada com colegas, proprietários e seguradoras.

4

  • Imagiologia I
  • Compreender e reconhecer os fundamentos básicos da Ecografia, Radiologia, Tomografia Computadorizada e Ressonância Magnética.
  • Saber escolher os equipamentos adequados para realizar os exames de imagem em equinos, reconhecendo suas vantagens e limitações.
  • Identificar as principais estruturas locomotoras dos equinos por meio do reconhecimento da anatomia topográfica, radiográfica, ultrassonográfica e de demais métodos de imagem (tomografia computadorizada e ressonância magnética).
  • Descrever as imagens geradas compatíveis com as principais enfermidades ou lesões, interpretando e correlacionando com a clínica do paciente.
  • Elaborar relatórios de diagnóstico por imagem, utilizando terminologia médica.
  • Capacitar o aluno a diagnosticar lesões ortopédicas (articulações, tendões, ligamentos e bursas) através de exames de imagem.

4

  • Medicina I
  • Reconhecer e abordar um problema clínico recorrendo aos conceitos teóricos aprendidos e competências práticas adquiridas;
  • Identificar possíveis fatores de risco para doença, estabelecer diagnósticos diferenciais, selecionar e pôr em prática os diferentes métodos complementares de diagnóstico e saber interpretar os resultados;
  • Prescrever um plano terapêutico, tendo em conta os custos/benefícios do tratamento, implementar medidas profiláticas e emitir um prognóstico;
  • Desenvolver competências de comunicação e de trabalho em equipa.

4

  • Odontologia
  • Compreender a anatomia clínica e fisiologia da cavidade oral equina e reconhecer as principais alterações dentárias encontradas na prática ambulatória e hospitalar de clínica de equinos;
  • Realizar o exame odontológico completo, demonstrando destreza na manipulação da instrumentação utilizada para este efeito;
  • Saber diagnosticar as patologias dentárias mais comuns, elaborar um protocolo terapêutico e emitir um prognóstico ajustado ao caso clínico;
  • Realizar e recomendar a proprietários os cuidados odontológicos de rotina fundamentais para a saúde e bem-estar dos equinos.

3

  • Ortopedia I
  • Identificar possíveis fatores de risco, estabelecer diagnósticos diferenciais, selecionar e pôr em prática os diferentes métodos de diagnóstico e saber interpretar os resultados obtidos;
  • Deverá ainda prescrever um plano terapêutico, relacionando os custos/benefícios do tratamento, implementar medidas profiláticas e emitir um prognóstico, tendo em conta a função do animal.;
  • Desenvolver competências de comunicação e de trabalho em equipa.

4

  • Opcional I
  • Aprofundar a prática clínica reforçando a aplicação dos conhecimentos adquiridos ao longo do seu percurso académico nas áreas de maior interesse do aluno;
  • Familiarização com procedimentos e técnicas essenciais à sua vida profissional como clínico em ambiente hospital;
  • Saber resolver problemas individualmente e em equipa;
  • Aplicar corretamente e com pragmatismo protocolos de vanguarda;
  • Praticar uma abordagem clínica orientada para o problema em ambiente hospitalar.

3

2º Semestre
  • Cirurgia de Campo
  • Avaliar as patologias cirúrgicas abordadas ao longo do semestre, conseguindo ainda selecionar e realizar a técnica cirúrgica mais indicada para a resolução de cada caso;
  • Saber executar as técnicas cirúrgicas mais comumente utilizadas em regime ambulatório, estando ciente das indicações e complicações associados, e ser capaz de discutir as vantagens e desvantagens de cada procedimento;
  • Selecionar o protocolo cirúrgico menos invasivo e de menor risco para cada caso, reconhecendo quais as técnicas cirúrgicas que poderão ser realizados em contexto de ambulatório e as circunstâncias em que será necessário referenciar um caso cirúrgico;
  • Prevenir e tratar as principais complicações associadas a cada procedimento, e de comunicar corretamente com o cliente, colega ou seguradoras (explicar procedimentos, riscos associados e gerir espectativas).

3

  • Imagiologia II
  • Identificar as principais estruturas de cabeça, tórax, coluna (cervical, torácica e lombar), sacro, e pélvis dos equinos por meio do reconhecimento da anatomia topográfica, radiográfica, ultrassonográfica e de demais métodos de imagem (tomografia computadorizada e ressonância magnética).
  • Descrever as imagens geradas compatíveis com as principais doenças ou lesões, interpretando e correlacionando com a clínica do paciente.
  • Capacitar o aluno a diagnosticar enfermidades localizadas em cabeça, tórax, coluna (cervical, torácica e lombar), sacro, e pélvis através de exames de imagem, elaborando laudos utilizando terminologia médica.
  • Conhecer os princípios básicos da endoscopia, aprendendo a executar e interpretar especificamente sua aplicação nas vias respiratórias e exame de estômago (gastroscopia).

4

  • Medicina Desportiva e Reabilitação
  • Adquirir conhecimentos de base em medicina desportiva de equinos.
  • Compreender a forma mais expedita de identificar problemas e diagnosticar doenças passíveis de diminuir o desempenho desportivo em equinos.
  • Saber identificar um cavalo que apresente um problema de intolerância ao exercício.
  • Saber realizar um exame físico adaptado à avaliação da capacidade desportiva de em equinos.
  • Saber utilizar e interpretar os meios complementares de diagnóstico necessários na avaliação da capacidade desportiva de equinos.
  • Compreender a fisiopatologia das doenças e problemas de equinos mais frequentemente ligadas a diminuição do desempenho desportivo.
  • Compreender os princípios base de um exame em ato de compra e avaliação do risco associado.

3

  • Medicina II
  • Identificar possíveis fatores de risco, estabelecer diagnósticos diferenciais, selecionar e pôr em prática os diferentes métodos complementares de diagnóstico e saber interpretar os resultados obtidos de modo a inferir sobre um diagnóstico;
  • Prescrever um plano terapêutico, relacionando os custos/benefícios do tratamento, implementar medidas profiláticas e emitir um prognóstico;
  • Adquirir competências de comunicação e de trabalho em equipa.

4

  • Ortopedia II
  • Identificar possíveis fatores de risco, estabelecer diagnósticos diferenciais, selecionar e pôr em prática os diferentes métodos de diagnóstico e saber interpretar os resultados obtidos.
  • Prescrever um plano terapêutico, relacionando os custos/benefícios do tratamento, implementar medidas profiláticas e emitir um prognóstico, tendo em conta a função do animal.
  • Desenvolver competências de comunicação e de trabalho em equipa.

4

  • Reprodução e Obstetrícia
  • Adquira conhecimentos aprofundados sobre o ciclo reprodutivo do equino;
  • Conheça e aplique programas de maneio e tecnologias reprodutivas mais frequentemente utilizados;
  • Realize exames de diagnóstico reprodutivo em machos e fêmeas;
  • Conheça as principais situações patológicas do foro reprodutivo em equinos;
  • Diagnostique situações patológicas e saiba quais as resoluções médicas e/ou cirúrgicas a tomar em cada situação.

3

  • Métodos e Técnicas Avançadas de Investigação, Tratamento Estatístico, Pesquisa e Comunicação Científica
  • Compreender e refletir de forma crítica a importância da investigação e do método científico;
  • Discriminar estudos experimentais e observacionais na área das ciências veterinárias de forma ética;
  • Planear um desenho de investigação científica;
  • Aplicar a metodologia apropriada para colheita de dados;
  • Utilizar metodologias estatísticas para reunir e sumarizar dados no âmbito das ciências veterinárias;
  • Avaliar e interpretar os resultados obtidos, recorrendo à estatística inferencial;
  • Utilizar software de análise estatística (SPSS ou similar) para análise descritiva e inferencial dos dados obtidos;
  • Aplicar competências basilares de pesquisa e leitura crítica de documentação técnica e científica;
  • Conhecer as regras essenciais para a produção de posters, comunicações orais, documentos e artigos científicos no âmbito da comunicação científica;
  • Compreender e saber aplicar a linguagem técnico-científica inerente à investigação;
  • Saber elaborar e avaliar projetos de investigação.

5

  • Opcional II
  • Aprofundar a prática clínica reforçando a aplicação dos conhecimentos adquiridos ao longo do seu percurso académico nas áreas de maior interesse do aluno;
  • Familiarização com procedimentos e técnicas essenciais à sua vida profissional como clínico em ambiente hospital;
  • Saber resolver problemas individualmente e em equipa;
  • Aplicar corretamente e com pragmatismo protocolos de vanguarda;
  • Praticar uma abordagem clínica orientada para o problema em ambiente hospitalar

4

3º Semestre
  • Dissertação/Projeto/Estágio
  • Pretende-se que o estudante consolide a aplicação dos conhecimentos, teóricos e práticos, adquiridos ao longo do curso e necessários para o exercício da prática clínica avançada, nas várias vertentes e áreas de inserção no mercado de trabalho.
  • Com a Dissertação/Projeto/Estágio, pretende-se que o aluno desenvolva um trabalho de investigação de natureza científica, um estágio prático diferenciado, ou um projeto de investigação, sendo capaz de selecionar e recolher informação e bibliografia adequadas, e de adequar os conhecimentos, aptidões e valências adquiridas no decurso do presente ciclo de estudos

30

programa

Corpo Docente

Alexis Santana

DVM, MSc

Ângela Martins

DVM, Msc, PhD, Dip ECVSMR

Carina Ferreira

DVM, MSc, PhD Candidate

Daiana Cardoso

DVM, MSc, PhD Candidate

Diogo Santos

DVM, MSc, PhD Candidate

Henrique Armés

DVM, MSc, PhD

João Martins

DVM, MSc, PhD

Lénio Ribeiro

DVM, MSc, PhD

Lorenzo Crosta

DVM, MSc, PhD, Dipl. ECZM

Mathilde Porato

DVM, MSc, PhD candidate, Dipl. ECVS

Pablo Otero

DVM, MSc, PhD

Paulo Borges

Dip ECAR

Pedro Faísca

DVM, PhD

Sara Del Magno

DVM, MSc, PhD

Sónia Campos

DVM, MSc, PhD

Ana Boado Lama

DVM, Dipl ACVSMR/ECVSMR, CERT ES (ORTH)

Clarisse Coelho

DVM, Msc, PhD

Elisa Díez de Castro

DVM, PhD, Dipl ECEIM

Erik Bergman

DVM, Dipl ECAR, Dipl LA-ECVDI, Dipl ECVSMR, Cert ISELPa

Gabriel Manso Díaz

DVM, PhD. Dipl ECVDI

Imma Roquet Carné

DVM, Msc, Dipl ACVS

Joana Alpoim

DVM, Msc, PhD

Joana Simões

DVM, PhD

José Carlos Estepa Nieto

DMV, Msc, PhD, Dipl ECEIM

José Manuel Romero

DVM, Dipl ACVSMR, Dipl ECVSMR, Cert ISELP

José Prazeres

DVM, Msc

Mário Cotovio

DVM, Msc, PhD

Natália Pires

DVM, Msc, PhD

Ana Paula Resende

DVM, Msc, PhD

Ana Paula Santana

DVM, Msc, PhD

Ana Rita Serras

Msc(ClinOnc), DipECVIM-ca(onc)

Ângela Martins

DVM, Msc, PhD, Dip ECVSMR

Carina Ferreira

DVM, MSc, PhD Candidate

Daiana Cardoso

DVM, MSc, PhD Candidate

Joana Fonseca

DVM, PhD Candidate

João Martins

DVM, MSc, PhD

Lénio Ribeiro

DVM, MSc, PhD

Lorenzo Crosta

DVM, MSc, PhD, Dipl. ECZM

Luis Lima Lobo

DVM, PhD

Luís Mesquita

DVM, DipECVDI

Marios Charalambous

DVM, PhD, DACVIM (Neurology), DECVN, CSci, PGD, PGC, FHEA, MRCVS

Nazaré Cunha

DVM, PhD, Dipl.ECVCP

Paulo Borges

Dip ECAR

Pedro Faísca

DVM, PhD

Ana Paula Santana

DVM, Msc, PhD

Ana Rita Serras

Msc(ClinOnc), DipECVIM-ca(onc)

Ângela Martins

DVM, Msc, PhD, Dip ECVSMR

Christopher R. Lamb

DVM, PhD, DipECVDI

Daiana Cardoso

DVM, MSc, PhD Candidate

João Martins

DVM, MSc, PhD

Lénio Ribeiro

DVM, MSc, PhD

Luis Lima Lobo

DVM, PhD

Luís Mesquita

DVM, DipECVDI

Panagiotis (Pete) Mantis

DVM, DipECVDI, FHEA, PhD, FRCVS

Pedro Faísca

DVM, PhD

Rita Furtado

DVM, DipECVDI